31 de agosto de 2013

Procissão de São Raimundo




No meio da MARCHA SANTA,
vou eu cheio de esperança,
O teu andor segurando,
Enquanto canto o bendito,
Vou fazendo o meu pedido a SÃO RAIMUNDO NONATO.
Que do céu reze pra gente, 
Pois aqui estamos carente,
Mande paz aqui pra terra.
Que junto com o seu povo, para o ano volto de novo,
Pagando a minha promessa.








A força da devoção





Enquanto canto bendito vou fazendo o meu pedido a SÃO RAIMUNDO NONATO



Que em 2014 haja um bom inverno!







30 de agosto de 2013

Viva São Raimundo!




Parentes e amigos...



...prestigiando a FESTA DE SÃO RAIMUNDO...








...Na TERRA DOS CONTRASTES...





...Grandes eventos...




...bons encontros...





...não estávamos na terrinha...




...mas assistíamos todos os rituais religiosos...





..pelo canal da paróquia....








...VIVA SÃO RAIMUNDO!




VIVA VÁRZEA ALEGRE!











A VÁRZEA ALEGRE QUE EU VI.





















Todos os créditos dessa postagem vão para a escritora CLAUDE BLOC que visitou Várzea Alegre em agosto de 2011. e registrou essas fotos brilhantemente.





28 de agosto de 2013

A DAMA DO ACORDES





Passados 5 anos da partida  de Socorro queremos registrar alguns momentos que muito marcaram nossas vidas. Ela criou muita expectativa em relação a sua aposentadoria. Fez mil planos. Decidimos entre irmãos e sobrinhos comemorar seus 60 anos na . Tudo foi previamente programado com muito carinho para que nossa imperatriz não se preocupasse como o fez a vida inteira..Foi um dia de muitas atividades para que ela se desligasse da eterna preocupação que lhe era peculiar: criamos o espaço dos irmãos com as músicas da época de cada um e o espaço dos sobrinhos que na verdade foram os mais fortes patrocinadores do evento:

Eis alguns de seus comentários  que jamais esqueceremos:

"- Gosto muito de ouvir o programa SAUDADE NÃO TEM IDADE porque lembro das serenatas de João Bitu com seus amigos. Meu irmão é um eterno apaixonado.

- Zé Denizard é sempre aquela tranquilidade, não se mete com a vida de ninguém, vive a cantarolar, gosto tanto quando ele passa no corredor com seu jeitinho simples de ser.

- Isabel e Cleide vão fazer vestibular no Crato, já pedi a São Raimundo para interceder por Cleide. Isabel nem precisa, sei que ela vai passar!

- Maria Cleide vaidosa como sempre chegou de Várzea Alegre dizendo que o povo a achou bonita ..."e a besta ainda acredita."
- Parece que Cícero vem chegando com aquele jeito enfarruscado mas é tão bom prá gente!

- " Não sei como vai ser quando um dia eu desaparecer, Fafá não sabe fazer nada e como será para arrumar Zezê quando forem ao trabalho?. Zezê está magra demais também é só café, café, café.

-"Eu tenho tanta raiva quando chego do trabalho que alguém vem correndo me contar  histórias.. e ainda tem as bonitinhas que  me escondem". 

- Segunda-feira vou dar entrada na minha aposentadoria e ai deles se não me derem.

- Até gosto da fonoaudióloga mas aqueles exercícios que ela faz na hora da consulta não servem prá nada. O remédio é mesmo que tomar água do pote mas gosto da doutora, tão boazinha!

- Fafá só fala na tal viagem da França, acho que vou concordar para ter sossego." Vá logo para não dizerem que fui  eu que não deixei vc  ir."

- Isabela ainda noiva  foi passar o dia na casa da sogra levando a  prima Cristiana. Quando chegaram era o assunto: que a sogra foi muito receptiva e Socorro respondeu na lata: " É porque Isabela ainda não abanou os queixos da sogra".
******************************************************
Pois é.... o ALZHEIMER atropelou nossos sonhos  tirando o bem mais precioso:sua simplicidade e autenticidade no dizer e no fazer!. Na composição do personagem que lhe foi dado representar no teatro da vida cabia até o ofício de uma mãe não biológica, dedicada ao extremo a seus irmãos e sobrinhos que  tanto amava. O tamanho do vazio que deixou nos faz lembrar até hoje que na verdade SOCORRO sempre foi a atriz principal do grande elenco da BITUZADA. Sabe quando vamos deixar de reverenciar  a GRANDE DAMA DO ACORDES? "  NUNCA!!!!! Como bem disse sua afilhada Silvânia:

"Madrinha Socorro agora é ilustre na morada dos justos..nós  que ficamos órfãos de sua presença marcante e sempre muito querida.

EM TEMPO - "Acordes" era seu perfume predileto

27 de agosto de 2013

“Zé Clementino – O matuto que devolveu o trono ao rei”- Lançamento



A cidade de Várzea Alegre   recebeu  mais uma grande obra literária. O jornalista varzealegrense, Jurani Clementino, que há muito tempo habita as terras do estado da Paraíba, onde aplica os seus conhecimentos como professor e profissional da imprensa, preparou um livro que objetiva resgatar, com profundidade e com olhares diferentes, a vida de uma das maiores expressões artísticas de Várzea Alegre e do Ceará: o poeta e compositor Zé Clementino.

O livro com o título “Zé Clementino – O matuto que devolveu o trono ao rei”, chega para cobrir uma lacuna de reconhecimento nacional ao varzealegrense Zé Clementino.

Com um talento fantástico para compor poesias e letras de música, Zé Clementino foi fator determinante na retomada da carreira de Luiz Gonzaga, especialmente entre os anos de 1960 e 1970, quando o Brasil vivia envolto em confrontos políticos e invasão de modismos musicais.

Zé Clementino pôs doce na boca e na sanfona do Rei do Baião com composições como “Capim Novo”, “Xote dos Cabeludos”, “Sertão 70”, entre outras.

Zé Clementino, na verdade, embora o sucesso estrondoso de suas músicas, não apareceu tanto quanto merecia o seu talento, e é a correção dessa direção destoante do artista que a obra do jornalista Jurani Clementino procura corrigir com justiça.

O livro foi lançado na  FESTA DE SÃO RAIMUNDO e tem sido muito elogiado.

De parabéns o jornalista   Jurani Clementino  pelo excelente trabalho de pesquisa com familiares e amigos do compositor e os varzeaalegrenses que tem em mãos agora uma verdadeira obra literária.






Os familiares, amigos e fãs agradecem...





...boa leitura!!!!!!!!!!!!!


 

Lançamento:Dedo de Prosa, Punhado de Versos, Marco do Miolo, Estrela Dalva






Muito concorrido o lançamento dos livros Dedo de Prosa, Punhado de Versos, Marco do Miolo e Estrela Dalva do do médico varzelegrense Sávio Pinheiro no dia 25 de agosto por ocasião da FESTA DE SÃO RAIMUNDO NONATO.

Segundo o Dr. Sávio a trilogia é uma mistura de estilos literários que reúne a prosa, o cordel, a crônica, entre outros gêneros.

Dr. Sávio ganhou destaque ao utilizar o seu talento para a cultura de cordel na difusão dos serviços de saúde do SUS – Sistema Único de Saúde. Ele é médico do PSF.

Além de membro do colegiado de escritores cearenses, ele também é membro efetivo da ABLC – Academia Brasileira de Literatura de Cordel, com sede no Rio de Janeiro..





O blog sou de varzea alegre muito se orgulha do conterrâneo doutor...





....cordelista e agora escritor. Sucesso!









25 de agosto de 2013

TERCEIRA IDADE


É a tarde do domingo indo embora.
É o final de semana chegando ao fim e deixando um gostinho de saudade...

São os abraços calorosos.
São as experiências partilhadas.
São as dores compartilhadas.

São os momentos que só nossos olhos viram, e só os nossos corações viveram. São as inúmeras chances que demos de e para vivermos nossos sonhos. São todas as apostas que deram certo e nos renderam troféus, e todas as derrotas que nos ensinaram nossos pontos fracos.

Por cada dia que vivemos.
Por cada sorriso que dividimos. E em cada alegria que estivemos.
As coisas só seriam meramente coisas se não fossem a representação fiel do nosso sentimento em formato físico. 
Não teriam igual ou semelhante valor se não fossem tão bem trabalhadas pelas nossas mãos.

E ainda assim reside no peito de cada um aquele doce momento em que descobrimos que as melhores coisas que vivemos, que deixamos passar pelas nossas vidas, foram na verdade não meros objetos frios de madeira ou de cerâmica...

... mas são as pessoas com quem convivemos.
... são o passado e o futuro de uma Vida que renasce a cada descoberta.

São os passos firmes e seguros rumo a um novo amanhecer dia após dia. 

Aqui na www.aterceiraidade.com a gente descobre todo dia quais são as coisas importantes da vida. E as melhores, a gente vive junto. 

Quais são as melhores coisas da vida, para você?

POR INCRÍVEL QUE PAREÇA por João Bitu


 

A saudade mata a gente!
Diz a doce melodia
Mas bem que traz alegria
Quando nos repõe à mente
E faz parecer recente
Ocorrência que ficou
Lá no passado e marcou,
E Causou-nos felicidade
Ou mesmo perplexidade
E a memória armazenou

A saudade é só lembrança!
De ocasiões havidas
Marcantes em nossas vidas
Desde os tempos de criança.
Não é nenhuma vingança!
É luz que acende o passado,
A distância de um ser amado
A quem amor se dedica.
Entretanto em pouco implica
É um mero antepassado.

A saudade é a permanência
De agradáveis passagens
Quais passeios e viagens
Aventuras sem precedência
Que fizeram residência
No âmago de nosso ser
Impossíveis de esquecer.
Visitas a outras plagas
Para espantar certas mágoas
Que dentro de nós possam ter

A saudade é um sentimento
Que as  vezes nos apraz
Em verdade não nos traz
Qualquer um ressentimento
Que cause constrangimento
Ou maior contrariedade.
Para dizer a verdade
Que castigo eu não mereça
Por incrível que pareça
Sinto é falta da saudade!

João Bitu
 
 
IMPOSSÍVEL ESQUECR
A SAUDADE MATA A GENTE
 
Dick Farney
 
 

 

 

24 de agosto de 2013

SOU ASSIM - Por Fátima Bitu



Se você quer saber a grande verdade de Fafá Bitu é fácil!

Basta tentar entender  que  não tenho compromisso  com as coisas que escrevo!

Chego a me  cansar de pessoas que preferem o morno. Admiro aqueles que se ariscam a entender que falham.

Eu sou cheia de defeitos... Acho que o grande problema das pessoas para comigo é que elas criam uma certa expectativa...

Que sou uma pessoa incrível, maravilhosa.: Não me tenham assim.

Tenho uma forte admiração por aqueles que seguem o coração. 

Gosto de quem se arrisca, gostaria de arriscar também mas tenho certas  limitações.

Admiro sobretudo aquelas pessoas que agem pelo coração e não pela razão. Ser certinha não é um bom caminho, aliás está muito fora de moda! Acredito naquelas  pessoas  que  vão à luta em busca de um grande ideal. Liberdade de ser, coragem de lutar pelo que quer.

Sabe! Sou uma mistura de simpática, estranha, chata, maravilhosa. Tenho muitos defeitos e algumas qualidades.

Sou viciada em gente, em ter amigos e ser elogiada quando sei que é um elogio sincero. Aceito críticas numa boa também...

Gosto de ficar sozinha para escrever as coisas que sinto, porque vivo para sentir e não lamento ser assim.

Tenho fama de ser  a pessoa mais animada nos eventos. Sou capaz de fazer alguém rir, mesmo quando está com vontade de chorar. Chego a ser o centro das atenções. É meu alimento: Palavras confortáveis para quem está passando por um momento difícil. Meu coração é minha razão, e foi essa saída que encontrei, para enfrentar esse mundo de uma maneira menos sofrida, menos triste para as pessoas que amo.

Sou feliz assim.

23 de agosto de 2013

O PENSADOR - Postagem de João Bitu


FELICIDADE

Fernando Pessoa/


Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário. 
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-
IMPOSSIVEL ESQUECER
ENQUANTO HOUVER SAUDADE
Orlando  Silva

Divulgando...



O médico varzealegrense Sávio Pinheiro, lança no domingo, 25 de agosto, no Barracão Cultural, durante a festa do padroeiro São Raimundo Nonato, o livro Dedo de Prosa, Punhado de Versos, Marco do Miolo do Pinheiro, Estrela Dalva.

Segundo o Dr. Sávio a trilogia é uma mistura de estilos literários que reúne a prosa, o cordel, a crônica, entre outros gêneros.

Dr. Sávio ganhou destaque ao utilizar o seu talento para a cultura de cordel na difusão dos serviços de saúde do SUS – Sistema Único de Saúde. Ele é médico do PSF.

Além de membro do colegiado de escritores cearenses, ele também é membro efetivo da ABLC – Academia Brasileira de Literatura de Cordel, com sede no Rio de Janeiro.

- See more at: http://varzeaalegre.com/portal/dr-savio-pinheiro-lancara-livro-no-barracao-cultural/#sthash.xMi5YcR3.dpuf

22 de agosto de 2013

O ASSUNTO É....ALZHEIMER

Todos nós provavelmente já ouvimos falar esse nome “bonito de feio”. Bonito porque tem a elegância forte do som alemão. Feio porque cada vez mais Alzheimer representa ser demente ou gagá, como diziam antigamente. Experimente fazer de conta que conversa com alguém chamado assim: “Ô Alzheimer, gostaria de uma xícara de café?”; “Alzheimer está para chegar dentro de alguns instantes…”; “Por gentileza, Alzheimer, entre e fique à vontade!” Credo! Não é estranho?

A história é mais ou menos assim: o psiquiatra alemão Alois Alzheimer, em 1906, conseguiu decifrar que algo físico impedia o bom desempenho da mente fazendo com que as pessoas perdessem a memória de um jeito muito estranho. Ele encontrou umas proteínas acumuladas em forma de nós em algumas partes do cérebro de um indivíduo que provavelmente já estava morto. Ele compreendeu que com o tempo as partes afetadas atrofiavam e outras partes eram acometidas até que a pessoa ficasse como que “desconectada” do mundo físico. Claro que ele fez muitas outras observações!

A demência de Alzheimer surge geralmente em pessoas acima dos 60 anos e seu diagnóstico continua sendo concluído com segurança após a morte de seu portador, apesar de já existirem novas técnicas através de imagens. Pois pense bem: para o exame de detecção de uma doença com características de distrofia geralmente é necessário uma biópsia. Já pensou retirar neurônios de quem demonstra a perda dos mesmos? Isso não seria nada inteligente! Neurônios não se regeneram quando seu núcleo é atingido. E por isso devemos fazer de tudo para preservá-los, colaborando com a natureza que já nos deu um caixa forte: o crânio! Sendo assim, o exame para melhor detectar a demência tipo Alzheimer é uma necropsia!

Puxa! Então quando uma pessoa recebe em vida um diagnóstico de demência tipo Alzheimer pode ser que ela nem tenha Alzheimer? E então pode ser que todos próximos desta pessoa sofram por algo que “pode ser que não seja”, antecipando situações indesejadas? Principalmente afetando o relacionamento afetivo com a pessoa com diagnóstico suspeito?

É isso mesmo! Uma influência “de não sei de onde” fez com que coletivamente desenvolvêssemos um grande pavor deste nome. Coitado do Sr Alois! E já vi casos que o familiar ficou tão afixionado com a palavra Alzheimer utilizada no provável diagnóstico do médico que imediatamente começou a tratar a mãe como se já estivesse “desconectada” do mundo. Esta senhora tinha na verdade uma demência específica na área da fala, o que fazia com que as pessoas ficassem aflitas por compreendê-la. Num belo dia, tal senhora me disse “você é a única que me compreende… meus filhos tratam de mim como se eu já não estivesse mais presente e fico muito triste com as coisas que ouço…”. Na verdade ela precisava apenas de tempo e paciência para dar conta de completar suas frases.

Interessante observar que a doença se comporta de forma específica de pessoa pra pessoa, geralmente acima dos 60 anos. Mas podemos dizer que existem sintomas comuns, descritos em até 4 fases:

fase inicial do Alzheimer: o desempenho mental assemelha-se a um estresse ou cansaço mental muito parecidos com sinais costumeiros, comuns ao processo do envelhecimento.

- 2ª fase: lapsos de “memória recente” nítidos e os pensamentos apresentam alguma desordem, troca letras ou palavras. Nesta fase a pessoa consegue perceber que “algo está errado” e pode se sentir muito envergonhada. Talvez a pessoa não consiga mais sair sozinha.

- 3ª fase: a memória funciona de forma desorganizada, a fala se mantém conectada ao passado com frequência, memória recente quase inexistente, mudanças de humor, a pessoa necessita ajuda para atividades de autocuidado (banho, vestuário, alimentação). Há muita dificuldade para escrever até mesmo o seu nome.

- 4ª fase: em muitos casos há perda total da fala ou fala empobrecida. A pessoa está totalmente dependente de cuidados. As habilidades motoras começam a ser afetadas.

A evolução das 4 fases da doença ocorrem em média em 8 anos para pessoas que não se tratam. A expressão da mesma pode alterar de um indivíduo a outro pois nunca se sabe qual parte vai ser presenteada com aqueles “nós”.

Leia também:

Lapsos de memória- ãh?
Pintando memórias
O importante é que mesmo não podendo ser curada, é uma doença que pode ser tratada objetivando melhor qualidade de vida e redução da velocidade de degeneração dos neurônios. A família também recebe bastante apoio dos tratamentos, que inclui: médicos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, psicólogos e enfermagem domiciliar geralmente nas fases mais avançadas. Uma boa casa de cuidados ajuda muito, tanto pra moradia, quanto para passar o dia.

Atualmente percebemos que a doença de Alzheimer assume uma origem multifatorial, ou seja, diversos fatores podem estar envolvidos sem sabermos quais são os certos. Mas é certo que… todos nós podemos desenvolver esta demência. A genética e a cultura influenciam muito, mas conhecemos casos de pessoas intelectuais com Alzheimer, negros, brancos, ricos e pobres, felizes e tristes… O que podemos fazer para prevenir esta demência?

Bem, como ainda não sabemos a origem certa, não tem como prevenir de forma eficaz, mas tem como seguirmos um ritmo de vida saudável o melhor possível garantindo nosso engajamento no mundo através da forma como cuidamos do corpo físico, de nossas habilidades, nossos relacionamentos, nossos interesses por novidades e principalmente senso de compreensão dos limites humanos e ao mesmo tempo satisfação por cada instante vivido.

Mas você sabia que existem mais de 200 tipos de demência? Sim! E que podem ocorrer em quaisquer idades? Demência não é coisa de velho apesar da fácil associação que fazemos com esta fase da vida pela imagem fácil do desgaste que uma demência nos oferece. Pois ao desgaste… atribuímos algo que está velho!

Podemos olhar para a palavra demência através do conceito de “sem mente” por haver perda de massa cinzenta, a massa que é formada pelos corpinhos dos neurônios. Particularmente acho que deveria ser “decerebrência” ou “decerebrado” por acreditar que é impossível destruir a mente, mas o cérebro, sim! Ele é corpo físico e.. é ele, o bonitão formado por neurônios, diferente da mente que é formada por idéias.

Concordo que para haver idéias é preciso jogar informação na mente vinda através das conexões dos neurônios. Mas acabam sendo todas palavras muito feias, de qualquer jeito, não é mesmo? Acho que é por isso que preferiram chamar tudo de Alzheimer. É chique!
(Vi esse texto num site da TERCEIRA IDADE  e achei conveniente postar)

A FESTA DE SÃO RAIMUNDO COMEÇOU




A Paróquia de São Raimundo, lançou o cartaz oficial da Novena e Festa de São Raimundo Nonato, ano 2013. Rezemos pelo bom êxito deste tempo santo!!!!

Agosto chegou e com ele a Festa do nosso Querido Padroeiro São Raimundo Nonato!!! Estamos distribuindo os adesivos para carros com o tema: Devoto de São Raimundo, vem pra Várzea alegre viver a tua Fé




Este é o modelo da Blusa da Novena e Festa de São Raimundo Nonato, ano 2013.! Garante já a sua!!! Aproximadamente R$ 20,00



De longe viemos de outras cidades, outras regiões.
Trazendo na bagagem força e coração Fé nos corações.
Sorriso no rosto, São Raimundo Nonato, viemos venerar.
Pagar Nossa Promessa e a Luz Divina nos abençoar!
Somos todos filhos de um Pai querido somos irmãos.
Somos peregrinos e pedimos força, paz e proteção,
todo o mês de agosto, queremos com gosto
em Várzea Alegre está.
Ao Santo querido, São Raimundo Nonato nos abençoar!






21 de agosto de 2013

Bom dia, VÁRZEA ALEGRE!



Que a FESTA DE SÃO RAIMUNDO transcorra na mais perfeita harmonia... 



...que as pessoas priorizem os atos religiosos que devem ser respeitados e assistidos com muita calma, depois de tudo tem o BARRACÃO CULTURAL... 





...que anuncia dois lançamentos imperdíveis. Há muito o que se curtir na TERRA DE PAPAI RAIMUNDO, é só respeitar os horários. Muito se trabalhou para mostrar o que há de melhor em nossa querida VÁRZEA ALEGRE. Boa festa, ficarei vendo tudo pelo site da paroquia.

http://paroquiasrn.com.br/site/

20 de agosto de 2013

QUEIXAS por João Bitu

Triste sina a do poeta!
Com seus poemas vetados
Lindos versos cerceados
Sua obra é indiscreta
Quando nada incorreta..
Se usar o coração
E não só a inspiração
Expressar-se com franqueza
Pode esperar com certeza
Ganha na certa um carão.

Por lembrar do que já houve
Lá se vêm repreensões
Sem quaisquer explicações
Quer ele  malhe, quer  louve
Somente queixas se ouve
-Se nossas vidas escrevermos
Mas algo não escondermos
Que desaponte a terceiros,
Temos nós mais que ligeiros
De explicar termos por termos!

Por sofrer tais desenganos
O poeta desvanece
E pouco a pouco decresce
Sem agradar em seus planos
Nem a Gregos nem a Troianos
Vai findar passando fome
Pois a razão de ser lhe some
E o coitado se entrega
 
Mas se correr o bicho pega
E se ficar o bicho come.

João BituESQUECER
IMPOSSIVEL ESQUECER
QUEIXAS

Nelson Gonçalves
 
 




REPRISE DE UM CRATENSE


A FESTA DE VÁRZEA ALEGRE POR VICENTE ALMEIDA




video

O tempo não deixou que a religiosidade do povo nordestino perdesse a força da sua tradição.

A Paróquia de São Raimundo Nonato na cidade de Várzea Alegre CE. É motivo de orgulho para o povo varzealegrense, que há 149 anos ininterruptos, realiza a festa anual do seu Padroeiro. Nesse período a cidade recebe muitos visitantes.

Seus filhos que passaram a residir em outras áreas geográficas vêm para participar das comemorações, ali permanecendo e aproveitando para visitar parentes e amigos.

Matar as saudades é o que mais querem, e sempre que chegam se deparam com nova roupagem na cidade. Observam que ela cresceu bastante; novos parentes, novas ruas e novas atividades no setor produtivo. Enfim  o progresso é notado e eles se orgulham de ter Várzea Alegre como seu berço.

Por ocasião dos festejos anuais do seu Padroeiro naquela Paróquia, criada em 30/11/1863 por D. Antônio dos Santos, primeiro bispo do Ceará, muita gente é atraída para a SALVA DO MEIO DIA.

Para conferir a beleza do ato no dia 22 de Agosto viajamos até aquela cidade. Em lá chegando, inicialmente visitamos a casa do meu inesquecível amigo José André de Morais, de saudosa memória, onde encontramos sua esposa D. Tonha e seus filhos Dinha, João e Raimundo, de quem tivemos acolhedora recepção. Daí seguimos para a bela chácara do casal Menezes/Micaelly, onde nos receberam com uma alegria contagiante, e lá aguardamos a hora da SALVA DO MEIO DIA, que claro, seria ao meio dia.

Às 11h45min nos encaminhamos para a Matriz cujo pátio estava festivamente engalanado.
Logo percebi que a SALVA DO MEIO DIA é um momento histórico de grande alegria para o povo varzealegrense. A igreja Matriz se enche de devotos, curiosos e visitantes. É um Magnífico Cenário.

Fiquei sabendo que durante os dez dias de festas, ao meio dia, na porta lateral, o Padre Mota, ali radicado há 43 anos, inicia o seu relatório financeiro e religioso das atividades festivas. A cada interrupção do relatório, a banda de musica, postada no pátio ao lado direito da Matriz, composta por 26 pessoas (homens e mulheres) dentre elas; crianças de 12 anos e homens de até 70 executava um dobrado com a maestria de grandes músicos.

O som do dobrado se eleva aos céus como uma prece e eu senti naquele momento, mais uma vez, a demonstração do grande amor do criador com suas criaturas. Vi a explosão dos foguetes festivos, subindo, rasgando o espaço, diria até, furando a barriga do céu e explodindo no ar como a gritar nossos pensamentos: “SENHOR, estamos aqui, cuida de nós, concede-nos a capacidade de te amar cada vez mais”.

Olhei para o semblante dos componentes daquela banda e vi estampado em seu olhar à imensa alegria com que dedilhava cada instrumento. Ali estava eles externando através do som o seu sentimento de amor, a sua satisfação.

Um fotógrafo se postava em cada canto, desejando registrar o histórico e inesquecível momento. O sol do meio dia era abrasador, mas isto não inibia a presença de muita gente e ninguém se preocupava em procurar sombra, mesmo por que o interior da igreja já estava lotado. O povo queria mesmo era ver quem estava tocando e ouvir de perto aqueles dobrados memoráveis.

Após a SALVA DO MEIO DIA, participamos da Hora da Graça, com o santíssimo circulando entre os fiéis.

Ao encerrar o ritual, fiquei deslumbrado e quis ficar um pouco mais naquele ambiente sublime e majestoso. Valia a pena se demorar um pouco dentro daquela igreja, pois observava atentamente o semblante do povo, honrado com graças alcançadas. Sentíamos como se raios luminosos e invisíveis envolvessem cada um dos presentes, pois via no seu olhar uma paz indescritível.

E o seu Vigário é daqueles que se preocupa com o bem estar da sua comunidade, pois observei que naquela Igreja-Matriz todos os bancos têm assentos e encostos estofados e macios.

A SALVA DO MEIO DIA, todo ano é muito exaltada em prosa e versos por muitos habitantes do lugar, e eu encantado com suas narrativas, não me contendo fui ver de perto. Fiquei deslumbrado e até arrisquei fazer umas quadrinhas.

A grande família varzealegrense está de parabéns, merece o destaque.
Finalmente após um lauto banquete oferecido por nossos anfitriões regressamos ao Crato.

*******************************************************

Vai todo mundo faceiro
Feliz, alegre, contente.
Menino vai tanta gente
Ver São Raimundo Nonato
O que eles querem de fato
E curtir com alegria
Momentos de harmonia
Na festa do padroeiro
Vai gente do Juazeiro
PRA SALVA DO MEIO DIA.

Eu é que não vou ficar
Feito bobo aqui no Crato
Vendo todo o aparato
Se deslocando prá lá
E não vou me demorar
Pois to vendo a correria
Vou entrar na romaria
Quero é poder contar
O que foi que vi por lá
NA SALVA DO MEIO DIA.

Fiquei com muita vontade
Pra conhecer a festança
Guardar na minha lembrança
E relembrar com saudade
O bloco da amizade
E contar no dia a dia
Por toda essa freguesia
Que São Raimundo Nonato
É merecedor de fato
DA SALVA DO MEIO DIA.

Escrito por Vicente Almeida
30/08/2012

19 de agosto de 2013

TRISTE DESPEDIDA - POR JOÃO BITU



 

Foi por demais a querer
Que escrevi este poema
Com uma ânsia extrema
De novamente lhe ver
E nunca mais a perder!.
Desde quando eia partiu
Um vago enorme se abriu
Neste meigo coração
Cheio de amor e paixão,
Que sem pesar destruiu
 
Sempre me vem na lembrança
Os momentos venturosos
Os abraços calorosos
Carregados de esperança
Cumplicidade e bonança!
Das fugidas programadas
Das noites enluaradas
Nos campos de nossa terra
Bem próximo de lindas serras
Em nosso amado sertão!

As promessas de amor
Horas cheias de sonhos
Dum porvir belo e risonho
De paixão e muito ardor
Muita ternura e calor!
Com propósitos seguros
Sentimentos os mais puros
Dentro d’alma a transbordar
Corações a almejar
Muito amor e paz futuros.

Mas a vida pertence a DEUS
Nem sempre o que a gente almeja
Sai tal como se deseja.
Os desígnios vêm dos Céus
De acordo com os planos Seus.
E de certo melhor será
Não há como  contestar
Firmemente acredito
Ela foi como está escrito
P‘ro PARAÍSO onde está!

Minha eterna e doce amada
Que os tempos não trazem mais
Meu sofrimento é demais
Sou como a alma penada
 Que não aspira mais nada.
Com sua brusca partida
Deixou-me por despedida
Muita tristeza e saudade,
Sem dó e sem piedade,
Destruindo a minha vida!

João Bitu
 
IMPOSSÍVEL ESQUECER
CHUÁ CHUÁ
 
Augusto Calheiros
 
 

Em tempo de lançamento


Dejeuner du Matin






DÉJEUNER DU MATIN
Jacques Prévert – (Né à Neuilly-sur-Seine)

Il a mis le café
Dans la tasse
Il a mis le lait
Dans la tasse de café
Il a mis le sucre
Dans le café au lait
Avec la petite cuiller
Il a tourné
Il a bu le café au lait
Et il a reposé la tasse
Sans me parler
Il a allumé
Une cigarette
Il a fait des ronds
Avec la fumée
Il a mis les cendres
Dans le cendrier
Sans me parler
Sans me regarder
Il s’est levé
Il a mis
son chapeau sur sa tête
Il a mis
Son manteau de pluie
Parce qu’il pleuvait
Et il est parti
Sous la pluie
Sans une parole
Sans me regarder
Et moi j’ai pris
Ma tête dans ma main
Et j’ai pleuré






18 de agosto de 2013

Contagem regressiva para o lançamento de ESTRELA DALVA



Zezê, eu sinto saudade
Do tempo de estudante
Daquele tempo marcante,
Que nos deu felicidade.
A sua cumplicidade
Sempre me deu energia.
Por isso, com nostalgia,
Rezo uma forte oração
E com o terço na mão
Peço a Deus muita alegria.
Zé Sávio


Essa postagem é para desejar sucesso no lançamento de seu livro. Com carinho de Zezê e Fafá



Contagem regressiva para o lançamento de ESTRELA DALVA: próximo domingo de agosto em plena festa de SÃO RAIMUNDO.


17 de agosto de 2013

Divulgando Estrela Dalva



Chegou o grande momento SÁVIO PINHEIRO. Desejamos de coração muito sucesso ao menino de CHIQUINHO DE LOUSO E MARIA DALVA, o doutor cordelista, ficaremos na arquibancada da torcida e divulgaremos seu livro com muito carinho. 
Zezê e Fafá

Lançamento